Publicidade:

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Tiquira - Aguardente Maranhense: origem, fabricação e lendas.


Foto: Ana.
A Tiquira é uma aguardente típica do Maranhão, ela é considerada por alguns como a unica bebida genuinamente brasileira, pois diferente da cachaça que tem como matéria prima a cana (que foi trazida trazida ao Brasil), ela é feita a partir da sacarificação e fermentação da MANDIOCA que é nativa de nossas terras, mas ambas usam o processo de destilação trazido pelos colonizadores. 

Sua origem é dada nas tribos indígenas locais que utilizavam a bebida em festejos e rituais, mas, sabe-se que o  processo de destilação só chegou em nossas terras com os europeus, assim, permitindo apenas a existência de  alguma bebida usando a mesma matéria e  processo apenas semelhante. 

Hoje ela é produzida em diversos municípios do Estado, o maior produtor é o povoado de Mamede, em Barreirinhas, que ainda a fabrica da forma original: incolor. Posteriormente alguns produtores adicionaram folhas de tanja durante o processo  de destilação, dando uma cor lilás que tende a clarear com o tempo, mas, também é comum encontrá-la em uma cor vívida de violeta (azul-arroxeado) devido a adição de Cristal Violeta, um corante com propriedades anti sépticas e não permite alterações significativas na cor.   



Segundo o escritor Gonçalves Lima, a palavra Tiquira é originária da palavra Tupi Tikira que significa líquido que goteja, que pinga do alambique. Teria a sua origem entre os índios da Amazônia, tendo sido adotoda pelos habitantes do Maranhão como a sua bebida típica. Entre as bebidas destiladas da mandioca, apenas a Tiquira tem legislação específica.
Fonte: folder promocional da Tiquira do Lençóis – Sebrae/MA -2006



Como é Feita:

A fabricação tem início com a limpeza e retirada da parte tóxica da raiz, isso mesmo, a mandioca é uma "versão" venenosa da conhecida Macaxeira. Ela é prensada e colocada sobre uma chapa aquecida em forma  de bolos com 30cm de diâmetro, conhecidos como "beijus", até ter a parte interna ser cozida.

 Após o resfriamento à temperatura ambiente, os beijus ficam expostos ao ar  por até duas semanas onde ocorre a proliferação espontânea dos esporos dos fungos do ambiente(início da fermentação). É criada sobre os beijus uma flora de micélios, de cor rosada, nesta etapa ocorre a sacarificação. Em seguida ela é posta em um cocho (tronco de árvore com escavado) sobreposto com água. Em 24h pode-se encontrar uma massa de pouca resistência e xaroposa, deve ser mexida e posta para descanso por mais dois dias concluindo o processo de fermentação alcoólica, onde ocorre a transformação dos açúcares fermentescíveis do caldo em álcool, pela ação das leveduras que se desenvolvem no próprio ambiente da produção. Ela atinge de 38° a 54° GL.

Após esta etapa o mosto é destilado em alambiques de barro ou de cobre, ao fim de todo o processo resultam 15 a 20 litros de extrato concentrado, que fornece matéria para até 100 litros do produto final.

Cuidado com ela:

A Tiquira é bebida para poucos, possui teor alcoólico bastante elevado, tem sabor ácido e levemente adocicado. Aos menos acostumados com bebidas quentes, esta vai descer fervendo! 

Conta-se no Maranhão uma lenda que não se deve tomar banho ou sequer molhar os pés após beber esta pinga, sob risco de forte mal estar e até a morte! O mais antigos sempre contam algumas estórias trágicas sobre o fato.  Eu preferi não arriscar, se você quiser testar volte aqui para me contar, caso não volte, eu já sei a resposta...



  

15 comentários:

  1. experimentei e fiquei muito surpreso com a tiquira, pois a qual experimentei tinha leve aroma floral. Vou pesquisar sobre a tal planta (tanja).
    È uma pena saber que o processo atual (industrial) use violeta genciana...

    ResponderExcluir
  2. Tanja é michirica ou tangerina. heheh

    ResponderExcluir
  3. Tenho um colega, que na época morava em axixá-Ma, tomou com os colegas um litro da tiquira,dizendo que era só conversa dos colegas a respeito de depois de beber que nao era legal tomar banho ou lavar os pes. Até ai beleza.Na ida para casa ele tomou um chuvisco de chuva, e não se lembrou como chegou em casa, depois os amigos contaram que ele foi levado nos braços pois não dava conta de andar, caiu e não se levantou.Disse que nunca mais tomava aquela cachaça.

    ResponderExcluir
  4. Luiz Carlos Becker Pinho30 de maio de 2012 19:15

    Já tive o prazer de saborear Tiquira, a canha feita de mandioca em Bacabal, no MA, em 1977!!!!!!! Essa lenda já existia!!!!!

    ResponderExcluir
  5. Nossa, há várias décadas! Que legal!

    ResponderExcluir
  6. A QUE EU BEBIR DEVIA SER MANIPULADA ( ADICIONADO CACHAÇA) POIS NÃO FEZ O MESMO EFEITO DA LENDA

    ResponderExcluir
  7. EM 2011,NÃO ACREDITANDO NA LENDA,TOMEI MEIO LITRO DA "DANADA" E EM SEGUIDA PULEI NA PISCINA........NÃO ME LEMBRO MAIS DE NADA....ACORDEI NO OUTRO DIA!!!KKK
    MAS,O DETALHE É QUE ELA NÃO DEIXA DE RESSACA....

    ResponderExcluir
  8. Não molhe a cabeça depois de tomar Tiquira, isso não é lenda e eu sou a prova viva. Mesmo depois de horas após tomar umas duas doses e almoçar, fui tomar banho. Tive amnésia total. Ao acordar pela manhã, a única lembrança é a de ter ido tomar banho no dia anterior. Não apaguei, continuei agindo normalmente conforme testemunhas, mas não me lembro de absolutamente nada.

    Por isso a advertência. São Luis é cidade de praia e se você entrar no mar depois de tomar Tiquira, você pode morrer afogado.

    Isso não é lenda!

    ResponderExcluir
  9. estou precisando adquirir uma garrafa desta bebida, alguem sabe onde a consigo para entregar em Goiania- Goiás?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. FARMACIA DO AMBROSIO EM IMPERATRIZ DO MARANHÃO

      Excluir
  10. Entre em contato por nunesfelipe@live.com

    ResponderExcluir
  11. hahaha Tiquiira ! Lá da miinha terra ...
    Estou no Rio de Janeiro, estou indo em setembro no MA, quem quiser fazer encomendas kkkk ...

    ResponderExcluir
  12. Tomei 3 doses da Tiquiras as 14:00 hrs e fui para a piscina... acordei as 23:00 e não sei como fui parar na cama....

    ResponderExcluir
  13. Tomei 3 doses da Tiquira as 14:00 hrs e fui para a piscina... acordei as 23:00 hrs e nem sei como fui parar na cama!!! Lenda confirmada!!!

    ResponderExcluir

Adicionar novo comentário: